WEG ficou barata demais para ignorar, diz BTG

WEG ficou barata demais para ignorar, diz BTG


O BTG Pactual cobre a WEG há anos, mas nunca teve a oportunidade de colocar um ‘buy’ na ação. 

Agora, o banco acha que a fabricante de motores elétricos e equipamentos para painéis solares ficou barata demais.

Chamando a ação de uma ‘all-weather’ – algo que performa bem em qualquer ambiente – o BTG elevou sua recomendação para ‘compra’ com preço alvo de R$ 40 por ação, um upside de 75% em relação ao preço de tela. 

“Apesar de não sabermos por quanto tempo o bear market global vai durar, o valuation atual (de 21,9x o lucro do ano que vem) e um modelo de negócios à prova de crise justificam nossa recomendação,” escreveram os analistas Lucas Marquiori, Fernanda Recchia e Aline Gil. 

Nos últimos anos, a principal razão para o BTG ter mantido uma recomendação neutra para a WEG foi seu valuation, que embutia um “prêmio exagerado em relação aos peers globais,” disseram os analistas.

Mas depois do papel cair 28% este ano, o prêmio se aproximou do low histórico dos últimos cinco anos, “oferecendo um bom ponto de entrada.” 

“Quando pensamos numa empresa para comprar e segurar para o longo prazo, independente do preço, normalmente pensamos na WEG – uma visão que era ofuscada por seu valuation caro. Hoje, o valuation não é mais um pushback para nós.”

Nas contas do BTG, a WEG negocia hoje com um prêmio de 54% no múltiplo preço/lucro em relação a seus peers globais do setor industrial. No pico da euforia, em 2020-2021, esse prêmio chegou a bater 324%. 

Fundada há mais de 60 anos, a WEG começou com a fabricação de motores elétricos usados em diversos tipos de indústrias. Com o tempo, foi diversificando o portfólio, entrando em segmentos como painéis solares, plantas eólicas e geradores.

Hoje, o portfólio da empresa a expõe a diferentes tendências de crescimento, incluindo carros elétricos, o aumento da eficiência energética e das fontes renováveis, e o uso de soluções de automação industrial.

“Acreditamos que esse combo de um produto core altamente adaptável [para diferentes usos] e um sistema de produção extremamente flexível dão à WEG um poderoso motor para um crescimento sustentável, permitindo que ela aumente a exposição a essas múltiplas tendências,” disse o relatório. “Achamos também que essas tendências estão ficando mais diversas, oferecendo várias avenidas de crescimento.”

Segundo os analistas, o maior risco para a tese de WEG é que “o ciclo de aperto se estenda, adiando um re-rating da WEG, que carece de triggers claros de curto prazo.”

wege3

The post WEG ficou barata demais para ignorar, diz BTG appeared first on Brazil Journal – Criado por Geraldo Samor.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu