WEB311: o ETF das tecnologias da próxima internet

WEB311: o ETF das tecnologias da próxima internet


Começa a negociar na sexta-feira o WEB311, um ETF que vai investir nas principais plataformas de contratos inteligentes, uma nova tecnologia cuja adoção ainda é incipiente mas que promete mudar a cara da internet.

Essas plataformas — cuja mais famosa é o Ethereum — são a infraestrutura que viabiliza as diversas aplicações da chamada Web 3.0, um novo paradigma de arquitetura da internet no qual os dados passam a pertencer aos usuários em vez de ficarem centralizados em empresas como Apple, Google e Uber.

Este é o quinto ETF de criptoativos da Hashdex, que levantou R$ 30 milhões junto a investidores – a maior parte de varejo, sem participação relevante de institucionais.

O novo ETF vai seguir um índice desenvolvido em parceria com a CF Benchmarks — a mesma empresa que desenvolveu o índice do DEFI11.

O índice CF Web 3.0 Smart Contract Platforms Market Cap Index acompanha as maiores plataformas de smart contract e é rebalanceado a cada trimestre.

Na composição atual, o índice tem sete plataformas no portfólio: Ethereum (com peso de 22,5%); Cardano (22,5%); Solana (22,1%); Polkadot (19,5%); Algorand (8,8%); Tezos (3,5%); e Cosmos (1,1%).

“É muito difícil saber quais dessas plataformas vão ser as adotadas no futuro, ou se esse vai ser um mercado de winner takes all ou se vão existir várias plataformas de nicho para diferentes finalidades,” Samir Kerbage, o CTO de Hashdex, disse ao Brazil Journal. “A beleza desse ETF é que ele vai acompanhando a fotografia do mercado e ficando mais exposto aos vencedores.”

Os coordenadores da oferta foram o Banco Genial, Itaú BBA, XP Investimentos e BTG Pactual.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu