USAF escolhe E-7 Wedgetail como sucessor do E-3 Sentry AWACS – Cavok Brasil

USAF escolhe E-7 Wedgetail como sucessor do E-3 Sentry AWACS – Cavok Brasil


A Força Aérea dos EUA (USAF) selecionou o E-7 Wedgetail da Boeing como um substituto para uma parte da frota do E-3 Sentry Airborne Warning and Control System (AWACS).

O serviço revelou sua escolha após liberar um pedido de informações em fevereiro deste ano.

“O Boeing E-7 é a única plataforma capaz de atender aos requisitos de gerenciamento de batalha tática, comando e controle e recursos de indicação de alvo móvel do Departamento de Defesa dentro do prazo necessário para substituir o antigo E-3”, disse a Força Aérea dos EUA.

Uma aeronave de alerta e controle aéreo E-7A Wedgetail da Royal Australian Air Force aterrissa na Base Aérea de Nellis, Nevada, durante o exercício Red Flag 20-1. (Foto: Força Aérea dos EUA)

De acordo com o serviço, a assinatura do contrato está prevista para o ano fiscal de 2023 com um rápido protótipo de aeronave planejada para entrega no Ano Fiscal de 2027.

A solicitação de orçamento do presidente do ano fiscal de 2023 inclui US$ 227 milhões em fundos de pesquisa, desenvolvimento, teste e avaliação a partir de 2023 para o programa.

O cronograma conhecido planeja uma segunda aeronave protótipo financiada no ano fiscal 2024 e uma decisão de produção em 2025 para continuar com as aeronaves em campo. A força aérea observou que estaria recebendo aeronaves protótipo, apesar do E-7 ser uma plataforma operacional em serviço com a Força Aérea Australiana. Isso pode indicar que a Força Aérea dos EUA planeja integrar novos recursos à plataforma ou levar a aeronave aos “padrões e mandatos de configuração” da Força Aérea dos EUA.

O plano para o ano fiscal 2023 propõe um desinvestimento parcial da frota E-3 AWACS, 15 de 31 aeronaves, e redireciona o financiamento para adquirir e colocar em campo sua substituição.

O E-7A Wedgetail é baseado em uma aeronave da série Boeing 737-700, com a adição de um radar Northrop Grumman Multi-Role Electronically Scanned Array (MESA) e 10 consoles de tripulação de missão que podem rastrear alvos aéreos e marítimos simultaneamente. A aeronave combina radar de vigilância de longo alcance, radar secundário e sistemas táticos/estratégicos de voz e comunicação de dados.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Main Menu