Um civil pode comprar um caça a jato? – Cavok Brasil


Já se perguntou se você poderia comprar seu próprio caça a jato? Você sonha em ser o Top Gun da casa? Bem, não se pergunte mais enquanto examinamos os aspectos práticos de comprar seu próprio caça a jato e se isso é possível. A resposta pode te surpreender…

Então, qualquer civil pode comprar um avião de combate? A resposta é um surpreendente ‘sim!’. Assim que um avião é desmilitarizado, ele pode ser comprado pelo público em geral, pelo menos em alguns países, como os Estados Unidos ou o Reino Unido. 

Desmilitarização

Como você pode imaginar, o equipamento militar pertence ao estado. Esses itens, que incluem tanques e aviões, são controlados e só podem ser vendidos de acordo com diretrizes rígidas. “Para evitar ferimentos acidentais e morte”, os governos, portanto, desmilitarizam suas aeronaves antes que possam ser vendidas a um comprador privado.

Northrop F-5B Freedom Fighter civil nos EUA.

Isso envolve a remoção de “todas as peças que poderiam ser usadas para uma função militar”. Em outras palavras, eles tiram todas as armas, equipamentos de radar e qualquer outra tecnologia secreta que seria perigosa nas mãos de um estado civil ou inimigo.

O processo de desmilitarização dos Estados Unidos é particularmente rigoroso e envolve o corte de partes da aeronave para torná-la imprópria para voar. Isso torna extremamente difícil colocar as mãos em um caça a jato americano utilizável. Mas isto pode ser feito!

A-4 Skyhawk civil.

Outras nações não são tão brutais. Por exemplo, no Reino Unido, a desmilitarização envolve apenas a remoção de armas, sistemas de radar e instrumentos classificados. Esses aviões podem então ser vendidos para empresas privadas que os operam como iscas para auxiliar no treinamento de pilotos militares ou para indivíduos que desejam manter viva a história da aviação.

Vendas de aeronaves militares estrangeiras

Para ganhar algum dinheiro, muitos países vendem seus aviões militares para outras nações sem desmilitarizá-los. Para muitos governos, esse é o método de descarte preferido para aeronaves excedentes.

Essas vendas internacionais ajudam a fortalecer as relações entre governos e permitem que o vendedor forneça suporte pós-venda para a aeronave. Mas nem sempre é esse o motivo. Após o colapso do programa soviético, os russos estavam ansiosos para colocar as mãos no dinheiro. Como o caso do MiG-29 que chegou a voar com um proprietário civil nos EUA.

Eles começaram a vender seu arsenal militar em grupos. Muito disso foi para a China, então comprar um jato russo naquela época era uma das maneiras mais fáceis de colocar as mãos em um caça a jato soviético que o levaria à “zona de perigo” (danger zone para quem gosta de Top Gun).

Sukhoi Su-27 civil a venda nos EUA.

No passado, os Estados Unidos também vendiam muitos de seus aviões excedentes para compradores em todo o mundo. Hoje, importar uma aeronave exportada é realmente a única maneira de você colocar as mãos em um caça americano. Quase todos os 1.000 jatos militares privados nos Estados Unidos foram importados de outros países.

Quanto custa um caça a jato desmilitarizado

Então, quanto custará para você espremer um caça a jato em sua garagem? O preço de um caça varia dramaticamente. A maioria desses caças desmilitarizados custará algo entre US$ 50.000 e US$ 400.000.

No entanto, alguns jatos excedem muito isso. Em 2019, um F-16 Fighting Falcon estava à venda na Flórida por US$ 8,5 milhões. Você poderia comprar uma frota de Ferrari pelo mesmo preço. Mas, como proprietário em potencial, há mais a se considerar do que o custo inicial dessas máquinas magníficas.

Uma vez adquirida, há o custo de envio (para o qual a aeronave terá que ser desmontada), taxas, licenças e classificações de tipo a serem considerados. Isso tudo antes mesmo de você se sentar no avião. Depois de colocar o cinto de segurança, há o custo contínuo do combustível, a manutenção regular e o fornecimento de peças raras para reparos.

O Falcon mencionado anteriormente foi construído para suportar apenas 8.000 horas de voo. E com 6.000 horas no relógio no momento da venda, faltavam apenas 2.000 horas para que atualizações estruturais caras tivessem que ser realizadas.

Preciso ter experiência em jatos militares?

Não necessariamente, mas acelera as coisas. Geralmente, você precisa de uma licença de piloto e uma qualificação de tipo para qualquer avião que deseja voar sem um instrutor. Mas a maioria dos ex-aviões militares se encaixa na categoria de aeronaves experimentais e, como tal, não tem uma classificação de tipo específica associada a eles.

Nesse caso, você precisa de pelo menos 1.000 horas de voo com 500 dessas horas na mesma classe de aeronave. Considerando que uma lição de degustação em um L-39 custa US$ 2.999 por 20 minutos (se não mais), esta é uma quantidade absurda de dinheiro se você ainda não tiver algumas dessas horas no banco. No Brasil alguns jatos L-39 fabricados na antiga Checoslováquia já podem ser vistos voando no sul do país.

Jato tcheco L-39 Albatros adquirida por um brasileiro, visto no Aeroclube de Itápolis, interior de São Paulo. (Foto: Dalazen)

Curiosamente, se você acumular tantas horas e colocar as mãos em um caça a jato russo, terá 950 horas a mais do que os jovens pilotos soviéticos que os pilotaram originalmente!

Se você já foi um piloto militar, no entanto, e tem qualificação em uma aeronave turbojato supersônica, você não precisa perder tempo acumulando horas e pode simplesmente entrar imediatamente.

Os caças são difíceis de voar?

Com uma enorme quantidade de poder ao seu alcance, voar jatos de combate certamente tem seus desafios. Ao voar a velocidades superiores a 800 km/h, algumas vezes podendo até ultrapassar a barreira do som, a margem de erro é muito pequena. Mas se o piloto ou passageiro não está acostumado a voar nessas velocidades, a experiência pode ter alguns efeitos surpreendentes em sua mente e corpo.

Discernir qual é o caminho para cima não é tão fácil quanto você pode pensar e com a automação limitada disponível, o piloto deve navegar e voar simultaneamente. Mas talvez o aspecto mais difícil de pilotar um caça a jato seja gerenciar a força G.

MiG-29UB que pertencia ao fundador da Microsoft, Paul Allen, durante voo nos EUA.

Seria um desperdício de energia se você tivesse uma dessas belezas e não aproveitasse ao máximo suas capacidades acrobáticas. Mas com esse tipo de voo vem o efeito do aumento da gravidade sobre o corpo durante curvas fechadas.

Aviões como MiGs e Sukhois podem suportar até 8gs, ou seja, 8x a força normal da gravidade. Quando um avião atinge 4gs ou mais, seu corpo atinge a zona onde é mais provável que desmaie. Isso é chamado de G-LOC e é causado pela drenagem do sangue do cérebro.

Dê uma olhada neste vídeo de um passageiro experimentando o G-LOC com a equipe de acrobacias do Blue Angels:

Apesar dessas dificuldades, muitos pilotos de jato dizem que há também uma certa simplicidade em pilotar um caça. Um pequeno Cessna bimotor pode ter até 6 alavancas complicadas para operar, mas em um caça há apenas uma e o motor é normalmente muito mais confiável.

Celebridades com aviões de combate

Por serem tão caros, os aviões de combate certamente chamaram a atenção de alguns dos ricos e famosos. Tom Cruise, ator do piloto de caça Maverick de Top Gun, é uma dessas celebridades. Tendo inspirado hordas de pilotos a começarem sua jornada rumo ao céu, Cruise possui várias aeronaves e também possui seu próprio warbird.

Embora não seja um jato, o Mustang P-51 de Cruise, denominado ‘Kiss Me Kate’, é um dos apenas 2 F-6Ks voáveis ??no mundo. Há rumores de que o público verá uma quantidade considerável de imagens em Top Gun 2 em 2022.

Mas Cruise não é a única estrela de Hollywood a possuir um caça vintage. Desde que trabalhou no filme Fury, Brad Pitt desenvolveu um interesse na 2ª Guerra Mundial e comprou um Supermarine Spitfire em 2013.

Michael Dorn, de Star Trek, também fez parte deste clube e já teve três ex-militares até agora. Tendo voado com os Blue Angels, Dorn é um piloto talentoso e teve um Lockheed T-33 Shooting Star e um caça a jato F-86 Sabre, além de um Rockwell Sabreliner.

Mas você não precisa ser uma celebridade para fazer parte deste clube. Basta ter uma conta bem recheada no banco.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu