Ucrânia relata ter abatido jatos russos Su-30 e Su-34 – Cavok Brasil


Surgiram relatos de que as Forças Armadas da Ucrânia teriam abatido dois jatos de combate russos, um Su-30 e um Su-34.

De acordo com o site Aviation safety Network (ASN), um Sukhoi Su-30 da Força Aérea Russa teria sido abatido pelas forças armadas ucranianas sobre Irpin e outro caça-bombardeiro Sukhoi Su-34 da Força Aérea Russa teria sido abatido por forças armadas ucranianas perto de Volnovakha.

Uma postagem do tenente-general Valerii Zaluzhnyi, comandante em chefe das Forças Armadas da Ucrânia, dizia: “Acabamos de derrubar um caça russo SU-30 sobre Irpin. A tripulação de combate do complexo de defesa aérea funcionou perfeitamente!”

Irpin é uma cidade satélite localizada no rio Irpin, em Kiev, ao lado da cidade de Kiev, no norte da Ucrânia.

A notícia vem depois que várias grandes explosões abalaram a capital ucraniana nas primeiras horas de 3 de março.

Sirenes de ataques aéreos continuaram a soar em Kiev quando a Ucrânia sofreu baixas em massa em 2 de março e confirmou que a cidade estratégica de Kherson na Ucrânia havia passado para o controle russo.

Na quinta-feira, os militares da Ucrânia anunciaram que derrubaram um caça-bombardeiro Sukhoi Su-34 operado pela Rússia. O Estado-Maior ucraniano anunciou no Facebook.

“Um caça-bombardeiro SU-34 russo acaba de ser abatido por uma unidade de defesa aérea das Forças Conjuntas perto da cidade de VOLNOVAKHA. Os pilotos deste avião realizaram um bárbaro bombardeio da população civil e da infraestrutura da cidade”, disse a postagem na rede social.

O Su-34 é uma versão extensivamente modificada do caça de superioridade aérea Su-27 e é otimizado para missões de ataque ar-superfície de longo alcance usando bombas e mísseis.

Possui eletrônica avançada para auxiliar no voo de baixo nível e na entrega precisa de armas. O Su-34 é diferente de outras variantes da família Su-27, devido ao seu tamanho maior e peso de decolagem e nariz distinto em “forma de ornitorrinco”, que permite o transporte de um radar avançado. Vídeos do Su-34 operando na região de Kharkiv foram divulgados no YouTube:

Os militares ucranianos anunciaram na quinta-feira que estimam que a Rússia tenha perdido cerca de 9.000 militares na invasão, que começou há uma semana, bem como 217 tanques e 900 veículos blindados.

Houve variação no relato do número de mortos. Na quarta-feira, a Rússia afirmou que 498 de seus soldados foram mortos e 1.597 ficaram feridos na primeira semana da invasão. No entanto, autoridades ocidentais acreditam que as baixas são significativamente maiores.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu