Rússia diz que 78 de suas aeronaves foram apreendidas no exterior – Cavok Brasil

Rússia diz que 78 de suas aeronaves foram apreendidas no exterior – Cavok Brasil


Setenta e oito aeronaves russas foram apreendidas no exterior, segundo a agência de notícias Interfax, citando o ministro dos Transportes, Vitaly Savelyev, enquanto Moscou enfrenta as consequências das sanções internacionais sobre os eventos na Ucrânia.

As sanções cortaram o fornecimento da maioria das aeronaves, peças e serviços para a Rússia, enquanto as companhias aéreas russas têm 515 jatos arrendados no exterior.

“(Nós) perdemos 78 aviões”, disse Savelyev no dia 22 de março, acrescentando que essas aeronaves foram apreendidas no exterior e não serão devolvidas à Rússia.

A Rússia aprovou uma lei permitindo que as companhias aéreas do país coloquem aeronaves alugadas de empresas estrangeiras no registro de aeronaves da Rússia, mas as companhias aéreas hesitam em usá-la, temendo que possam comprometer os laços com parceiros internacionais.

A Rússia tinha 1.367 aviões quando as sanções foram impostas, e quase 800 deles já foram colocados no registro de aeronaves do país, disse Savelyev, sem especificar quantos jatos na lista foram alugados de empresas globais de leasing.

Quase todas as aeronaves Boeing e Airbus usadas pelas companhias aéreas russas foram registradas nas Bermudas e na Irlanda, mas há uma semana as autoridades aeronáuticas das Bermudas e da Irlanda suspenderam a certificação de todos os aviões operados pela Rússia.

Savelyev disse que a Rússia está sendo guiada pela experiência do Irã de como atender aeronaves em uma situação semelhante.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu