Marcelo Claure: “Crescimento a qualquer custo acabou”

Marcelo Claure: “Crescimento a qualquer custo acabou”


Marcelo Claure — o ex-número 2 do Softbank que deixou o conglomerado no início do ano depois de implantar toda a operação da América Latina — disse hoje que pretende investir em “quatro ou cinco empresas” nos próximos meses com cheques de US$ 300 milhões a US$ 500 milhões.

Claure está de olho em negócios que já tenham certa escala e que, com mais recursos e conhecimento, possam atingir um novo patamar.

Falando durante um evento da Volpe Capital, Claure confirmou o que boa parte do mercado já imaginava: que ao sair do Softbank, Claure criaria sua própria gestora de venture capital.

A empreitada de Claure vem num momento crítico para o mercado de venture capital, com a alta dos juros secando a liquidez e derrubando os valuations das startups.

Nesse contexto, “as expectativas precisam ser diferentes,” disse Claure. “Os ciclos de investimento devem ser mais curtos por conta do custo do capital, e os negócios terão que se mostrar lucrativos mais rapidamente.”

Segundo ele, isso não quer dizer que o empreendedor deva parar tudo o que está fazendo para se tornar lucrativo da noite para o dia. Mas precisará mostrar com clareza o caminho que está tomando para chegar lá.

“Não é o momento de levantar recursos e pensar em valuation, mas de executar aquele powerpoint que foi mostrado ao investidor,” disse Claure. “A época do crescimento a qualquer custo acabou.”

Apesar das declarações, Claure disse que não está pessimista.

Segundo ele, para o empreendedor que fizer a lição de casa, “nunca houve época melhor.”

Para ele, a América Latina também passa por um momento muito positivo, em parte por causa do aumento dos preços das commodities mas também porque os riscos evidenciados pela guerra na Ucrânia têm levado a um processo de criação de cadeias locais de produção, mais próximas dos consumidores, o que beneficia a região.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu