KC-46 reabastece “Avião do Juízo Final” – Cavok Brasil

KC-46 reabastece “Avião do Juízo Final” – Cavok Brasil


A USAF realizou recentemente um voo de reabastecimento em voo entre duas gerações de grandes aeronaves: um novo KC-46 Pegasus derivado do Boeing 767 e um antigo, mais ainda muito útil, E-4B Nightwatch derivado do Boeing 747.

Pilotos de teste do 418º Esquadrão de Teste de Voo estacionado na Base Aérea de Edwards realizaram os testes do KC-46A na Califórnia, junto do E-4B do 595º Grupo de Comando e Controle da Base Aérea de Offut, em Nebraska.

O voo de teste ocorreu acima de uma cordilheira coberta de neve no sul da Califórnia, no dia 29 de abril. As imagens divulgadas pela equipe da Base Aérea de Edwards, mostram a coluna altamente modificada do E-4B, enfeitada com antenas de vários tipos.

Servindo como resposta parcial da Força Aérea dos EUA à sua frota de aviões-tanque envelhecida, o KC-46A Pegasus está em desenvolvimento desde fevereiro de 2011, com seu voo inaugural tendo ocorrido em dezembro de 2014. Desde então, a aeronave vem passando por vários testes no que se tornou um árdua jornada para atingir o potencial prometido.

O E-4B é muitas vezes referido como o “Avião do Juízo Final” porque serviria como um centro de comando e controle para altos funcionários do Pentágono, e até mesmo para o Presidente, durante uma crise nuclear ou outro grande evento de continuidade do governo. Durante tal contingência, o avião poderia permanecer no ar por vários dias seguidos. Isso requer muitos reabastecimentos aéreos, tornando fundamental que o E-4B seja compatível com o novo KC-46 Pegasus.

Recentemente o KC-46A também gerenciou seu primeiro reabastecimento operacional internacional de aeronaves. Durante o Exercício de Conceito de Emprego (ECE) em Moron, Espanha, caças F-18 Hornet do Ejercito del Aire foram reabastecidos em voo.

“O KC-46A, suas tripulações, pessoal de manutenção e suporte fizeram grandes coisas na Espanha nas últimas sete semanas”, disse o General Mike Minihan, Comandante do Comando de Mobilidade Aérea. Eles trabalharam duro para colocar a aeronave em seu ritmo durante a ECE, incluindo o apoio a uma força-tarefa de bombardeiros, o reabastecimento de aviões de combate dos EUA sobre a Europa Oriental e o reabastecimento de uma aeronave internacional pela primeira vez”.

Apesar das limitações e deficiências existentes, o KC-46A continua a demonstrar suas crescentes capacidades operacionais. De acordo com dados mais recentes, a Força Aérea dos EUA tem 57 aeronaves KC-46A, operadas pela Base da Força Aérea McConnell, Kansas; Base da Reserva Aérea de Seymour Johnson, Carolina do Norte; Base da Guarda Nacional Aérea de Pease, Nova Hampshire; Base Conjunta McGuire Dix Lakehurst, Nova Jersey; e Base da Força Aérea de Altus, Oklahoma.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Main Menu