Jatos M-346 poloneses são certificados pela USAF para treinar pilotos de F-16 e F-35 – Cavok Brasil

Jatos M-346 poloneses são certificados pela USAF para treinar pilotos de F-16 e F-35 – Cavok Brasil


O treinamento na aeronave Leonardo M-346 Bielik agora pode substituir o realizado nos jatos T-38C da USAF beneficiando futuros pilotos poloneses de aviões F-16 e F-35, que não terão que voar para os EUA para treinamento.

Graças ao certificado, no futuro, pilotos da Eslováquia ou da Bulgária também poderão ser treinados na Polônia.

A 41ª Base Aérea de Treinamento em Deblin (41 BLSz) recebeu um certificado da Força Aérea dos Estados Unidos que confirma que o sistema polonês de treinamento de pilotos de F-16 no M-346 Bielik é equivalente ao treinamento americano no T-38C ao nível de Introdução aos Fundamentos de Aeronaves de Caça.

Os americanos também determinaram que o certificado atende aos requisitos para direcionar os pilotos para treinar no F-35. A certificação ocorreu no final do ano passado em Deblin e durou uma semana.

“Uma equipe de vários pilotos da Força Aérea dos EUA, representando a aviação de combate e treinamento, veio até nós e verificou muito escrupulosamente como treinamos”, disse o major Mariusz Fischer, instrutor do M-346 Bielik.

Os pilotos americanos iniciaram o exame do sistema de treinamento polonês com aulas teóricas, que são realizadas com os futuros pilotos de F-16. Eles avaliaram, entre outros, as habilidades didáticas dos instrutores responsáveis por essa parte do treinamento.

Em seguida, observaram o treinamento no simulador de voo M-346 e todas as etapas do treinamento aéreo – planejamento da missão, briefing, tarefa em voo e debriefing.

“Os americanos também avaliaram nossa infraestrutura em termos de funcionalidade, quantidade de aeronaves disponíveis e simuladores. Também analisaram a documentação de treinamento e o sistema de segurança de voo”, explica o Major Fischer.

As conclusões da análise americana foram positivas, com a Força Aérea Polonesa atendendo aos requisitos estabelecidos pelos Estados Unidos para treinamento de pilotos de aeronaves de quarta e quinta geração.

“Este é um grande sucesso para nossa equipe”, admite o instrutor do M-346. “Os americanos também avaliaram muito bem a própria aeronave M-346. Nossos aliados também nos deram notas altas pela documentação de treinamento e pelas habilidades dos instrutores.”

“A Força Aérea Polonesa pretende adquirir de um simulador adicional para atingir a capacidade requerida do sistema”, acrescenta o Maj. Fischer.

A certificação do sistema de treinamento Bielik é um marco na construção do sistema de treinamento de pilotos de aeronaves de combate porque pelo menos parte dos futuros pilotos poderão treinar na Polônia.

É também uma chance para Deblin, a 41ª Base Aérea de Treinamento e a Academia Militar Polonesa se tornarem um centro de treinamento para pilotos de países da nossa parte da Europa, como Eslováquia, Bulgária, Romênia e talvez até Ucrânia.

Graças ao certificado, os países que não planejam desenvolver sua própria infraestrutura de treinamento poderão treinar pilotos na Polônia.

A 41ª Base Aérea de Treinamento da frota M-346 de Deblin consiste agora de 12 aviões. Outros quatro se juntarão à base nos próximos meses.

Como resultado, a frota de aeronaves de treinamento AJT será composta por 16 aeronaves, o que aumentará significativamente as capacidades de treinamento na base de Deblin.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu