Interoperabilidade entre as Forças é ponto central da Operação Poseidon 2022 – Cavok Brasil

Interoperabilidade entre as Forças é ponto central da Operação Poseidon 2022 – Cavok Brasil


Interoperabilidade entre as Forças Armadas Brasileiras. Esta foi a ideia central da Operação Poseidon 2022, que teve início no dia 04/04.

Com treinamentos reais realizados na área marítima compreendida entre as cidades do Rio de Janeiro e Cabo Frio, o Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia” recebeu pilotos e tripulantes da Marinha do Brasil (MB), do Exército Brasileiro (EB) e da Força Aérea Brasileira (FAB) para a realização de exercícios de qualificação e requalificação de pouso. Ao todo, a ação contou com a participação de 900 militares.

Pela FAB, participaram da Operação o Primeiro Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (1º/8º GAV) – Esquadrão  Falcão e o Terceiro Esquadrão do Oitavo Grupo de Aviação (3º/8º GAV) – Esquadrão Puma que realizaram exercícios de salto livre operacional, feito por militares de operações especiais; e pick-up – atividade por meio da qual acontece a Evacuação Aeromédica (EVAM).

O Comandante do Terceiro Comando Aéreo Regional (III COMAR), Major-Brigadeiro do Ar José Madureira Junior, esteve nas instalações marítimas onde foram realizados os exercícios de treinamento e enfatizou a importância da Operação Poseidon. “A operação conjunta das 3 forças certamente potencializa nossa capacidade de operação com a possibilidade do pouso embarcado e içamento para eventual remoção de pessoal. A visita a bordo nos permitiu visualizar o pleno sucesso do treinamento com a otimização da capacidade das nossas equipagens e a troca de experiências entre os tripulantes das forças armadas”, destacou.

Na ocasião, ocorreu  ainda uma demonstração de ação conjunta das três Forças, na qual simulavam a extração e transporte de feridos do navio para a costa através das aeronaves H-36. Por fim, para concretizar o sucesso da operação, ocorreu um desfile aeronaval pela praia de Copacabana (RJ) com a presença das aeronaves das três forças, além do NDM Bahia, acompanhado pelo NAM Atlântico e a Fragata Independência.


Fonte: Agência Força Aérea, por Aspirante Eniele Santos

Edição: Agência Força Aérea – Revisão: Major Oliveira Lima

Fotos: 1º/8º GAV – Esquadrão Falcão



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu