Fórmula 1 acaba com sobrevoos militares pré-corrida, citando ‘objetivos de sustentabilidade’ do esporte – Cavok Brasil


Como muitos outros esportes ao redor do mundo, as corridas de Fórmula 1 há muito representam uma oportunidade para promotores de diferentes países exibirem uma exibição patriótica ao organizar um sobrevoo militar pré-corrida antes de cada corrida. Mas no início da temporada 2022, haverá um vazio perceptível nos céus acima das festividades antes da largada.

De acordo com uma reportagem da Autoweek, a Fórmula 1 disse a seus 23 promotores de corrida que sobrevoos militares não serão mais permitidos nas corridas de F1, chamando a decisão de “apoiar os objetivos de sustentabilidade da F1”.

Equipe Frecce Tricolori da Força Aérea Italiana na abertura do GP de Monza.

“(Os sobrevoos militares) não estão mais alinhados com as metas de redução de emissões de CO2 da F1, que visa eliminar seu impacto ambiental até 2030”, diz uma reportagem da publicação italiana Corriere della Sera. “Nesta temporada, por exemplo, será introduzida uma nova gasolina com 10% de etanol de origem natural, enquanto nos últimos anos foram lançadas campanhas para eliminar o plástico e reduzir o desperdício”.

Sobrevoo de aeronaves militares na abertura do GP de Austin, no Texas.

A Autoweek afirma que também acredita-se que a F1 deseja limitar a capacidade de seus países anfitriões, que incluem Estados Unidos, Grã-Bretanha, Rússia e outros, de usar corridas como meio de exibir sua força militar. Embora os sobrevôos militares não sejam mais permitidos, os sobrevôos com outros tipos de aviões – como aeronaves comerciais movidas a combustíveis sustentáveis ??ou aviões acrobáticos – ainda podem realizar sobrevoos e exibições aéreas.

A etapa de Spielberg, na Áustria, normalmente conta com algumas aeronaves históricas, como a frota privada da Red Bull, de Dietrich Mateschitz. Estes voos continuam permitidos, sob certas condições.

No Brasil, normalmente o Esquadrão de Demonstração Aérea da FAB, popularmente conhecido como Esquadrilha da Fumaça, abre a etapa de F1 em Interlagos com sobrevoos em formação. Ainda não se sabe se este ano será autorizado o sobrevoo dos Super Tucanos em São Paulo.

Esquadrilha da Fumaça em Interlagos.

O Grande Prêmio de Abu Dhabi sempre brinda os apaixonados por aviação e velocidade com sobrevoos de aeronaves comerciais e da equipe de demonstração Al Fursan dos Emirados Árabes Unidos, como pode ser visto abaixo.

A temporada 2022 da Fórmula 1 começa em março com duas corridas no Oriente Médio, sendo a primeira o Grande Prêmio do Bahrein e a segunda o Grande Prêmio da Arábia Saudita, países grandes produtores de petróleo.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Main Menu