FanLab, a aposta da Riachuelo nos ‘geeks’

FanLab, a aposta da Riachuelo nos ‘geeks’


A Riachuelo está lançando uma nova plataforma de negócios voltada ao público ‘geek’ – os fãs de games, séries e filmes.

A nova rede de lojas, batizada de FanLab, vai oferecer uma experiência sensorial ao cliente – com superheróis no teto e camisetas que mudam de estampa quando em contato com o flash do celular – além de um site para viabilizar um modelo omnichannel. (Em muitos casos, o cliente vai se encantar na loja mas receber a mercadoria em casa.)

A sacada da Riachuelo foi colocar em um só lugar – e sob um novo conceito – as cerca de 40 licenças ativas que já detém de franquias como DC, Marvel e Disney.

A FanLab vai vender desde consoles de videogames até camisetas co-branded de superheróis e elementos colecionáveis como a nave Falcon, de Star Wars.

As novas lojas pretendem atrair desde adolescentes apaixonados por Harry Potter até fãs da série Star Wars e do anime japonês Naruto, e terão um estúdio para que os clientes possam personalizar suas próprias estampas.

“A idade do nosso público pode variar muito. No levantamento que fizemos, descobrimos que alguns adolescentes se conectam muito com a série Friends por influência dos pais. Tem também muita gente de 50 anos apaixonada pela filmografia de Star Wars e muitos pais conectados com o jogo Fortnite por conta dos filhos,” Elio França e Silva, o diretor executivo da Riachuelo à frente do projeto, disse ao Brazil Journal.

A Riachuelo vai abrir as duas primeiras lojas nos shoppings Morumbi e Anália Franco, ambos em São Paulo, ainda no primeiro semestre, mas a companhia declinou fornecer uma estimativa do rollout pelo País.

As primeiras lojas terão 250 metros quadrados – mas o tamanho vai variar de acordo com a oportunidade nos shoppings – e o mix será altamente flexível, permitindo à FanLab privilegiar lançamentos ou séries que estão bombando num dado momento.

Já o ecommerce da FanLab venderá produtos 1P e 3P, incluindo de grandes sellers como o MegaMamute.

A Riachuelo não é uma novata nesse mundo lúdico: a empresa é a loja oficial da CCXP, a maior feira geek do Brasil, e já comercializa a propriedade intelectual dos parceiros nas lojas existentes.

Essa venda de produtos licenciados “já era relevante dentro da empresa e vem crescendo bastante, por isso decidimos aumentar a aposta,” disse Elio.

A Riachuelo está dobrando sua aposta num mercado que movimenta mais de R$ 60 bilhões por ano no Brasil e penetra diversas gerações e estratos sociais.

O mercado de produtos geek no País já tem diversas lojas e ecommerces tentando capitalizar a quase obsessão dos clientes por séries e games, mas a companhia acredita que há espaço para criar uma marca de referência no segmento.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu