FAA suspende licenças de dois pilotos envolvidos no incidente de troca de aviões da Red Bull – Cavok Brasil

FAA suspende licenças de dois pilotos envolvidos no incidente de troca de aviões da Red Bull – Cavok Brasil


A FAA revogou as licenças dois dois pilotos que tentaram realizar a proeza chamada de “Plane Swap” no mês passado, devido a uma conduta “descuidada” e “imprudente” durante a manobra fracassada no Arizona.

Ninguém ficou ferido no dia 24 de abril, quando os pilotos destemidos Luke Aikins e Andy Farrington, que são primos, tentaram trocar de aviões em voo antes de pousá-los.

“A tentativa de acrobacia resultou na queda de uma das duas aeronaves monomotor Cessna 182”, disse a Administração Federal de Aviação (FAA) em comunicado. “O piloto principal solicitou uma autorização para a façanha da FAA, que a agência negou.”

A dupla tentou enviar seus aviões Cessna 182 para mergulhos sincronizados a 14.000 pés antes de saltarem de seus aviões para trocar de aeronave.

A façanha, que levou quase um ano para ser preparada, devia ocorrer com Aikins e Farrington mergulhando em direção ao solo, cada um e seu avião e saltando em direção ao outro avião, em uma manobra que a Red Bull classificou como “primeira do mundo” e que foi transmitida ao vivo no aplicativo Hulu.

Mas um dos aviões saiu do controle e caiu em Eloy, Arizona, levando apenas Aikins a entrar na outra aeronave enquanto Farrington foi forçado a acionar seu paraquedas, chegando em segurança no solo.

A FAA e o piloto principal, Aikins, disseram que a tentativa só poderia ter prosseguido com uma autorização da agência. Dias após a façanha fracassada, Aikins admitiu em um comunicado no Instagram que a FAA havia negado seu pedido – e que ele seguiu em frente de qualquer maneira.

“Como líder do projeto e piloto-chefe, era de minha inteira responsabilidade operar dentro da estrutura regulatória para garantir um resultado bem-sucedido. Recebi um aviso por e-mail em 22 de abril de 2022 da FAA de que uma isenção específica não foi concedida e tomei a decisão pessoal de avançar com a troca de avião. Lamento não compartilhar essa informação com minha equipe e aqueles que me apoiaram”, disse Aikins em comunicado.

Os pilotos podem solicitar a reintegração da licença em um ano.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu