Credit Suisse confirma Chilov como CEO; Ivan vira chairman

Credit Suisse confirma Chilov como CEO; Ivan vira chairman


O Credit Suisse anunciou Marcello Chilov como seu CEO para o Brasil – colocando fim a uma interinidade que começou em dezembro, quando José Olympio Pereira deixou o banco.

Chilov estava como co-CEO interino junto com Ivan Monteiro, que passa a ser o chairman do wealth & investment banking – um cargo que o mantém no relacionamento com os maiores clientes do banco e nas discussões da estratégia macro do negócio.

Marcello chilovOs dois executivos vão se reportar ao CEO das Américas e do Investment Bank, Christian Meissner.

Além do cargo de CEO para o Brasil, Chilov também permanece como o head do wealth management Latin America, um cargo que assumiu em março quando o banco fundiu as divisões Brasil e América Latina. 

Nessa outra posição, ele se reporta a Francesco De Ferrari, CEO global de wealth management.

Com 15 anos de casa, Chilov fez praticamente toda sua carreira no Credit Suisse. Ele entrou no banco em 2000, na área de risk management & prop trading e ficou nessa função até 2007. Depois de um período fora do CS, voltou em 2014 como head de investment consulting (o time que faz a alocação dos portfólios), cargo que ocupou até 2018. 

Na sequência, foi o head da área de produtos/transações do private até se tornar o chefe do private em 2020, quando um grupo de bankers deixou o CS para fundar a WHG. 

O CS administra cerca de R$ 300 bilhões de clientes no Brasil.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Cart

No products in the cart.