Coreia do Sul substituirá seus C-130H até 2026 e C-390 da Embraer deve entrar na disputa – Cavok Brasil

Coreia do Sul substituirá seus C-130H até 2026 e C-390 da Embraer deve entrar na disputa – Cavok Brasil


A Força Aérea da República da Coreia (RoKAF) está buscando um substituto para seus aviões de transporte C-130H Hercules e o C-390 Millennium deve ser um dos competidores.

O Comitê de Promoção do Projeto de Defesa da Coreia do Sul aprovou um projeto de US$ 580 milhões para comprar os novos aviões de transporte até 2026.

KC-390 da Embraer.

A agência de notícias Yonhap relatou que os concorrentes provavelmente serão o Airbus A400M, o Embraer C-390 e o Lockheed Martin C-130J.

Em abril do ano passado, a fabricante sul-coreana KAI divulgou o lançamento do seu programa KC-X, visando a construção de uma aeronave militar de transporte de médio porte para mercado interno e exterior, para competir com o C-130J e o C-390. Não foram divulgadas novas informações sobre este programa, que deveria ter desenvolvimento da aeronave com 60% de financiamento do governo, além de estar aberta para investidores estrangeiros.

Duas aeronaves C-130J Super Hercules da RoKAF.

Atualmente a RoKAF possui uma frota de 12 aeronaves C-130H e quatro C-130J Super Hercules. O contrato para compra dos C-130J foi assinado no final de 2010, com as primeiras entregas em 2014.

O comitê também aprova a atualização do interceptor de defesa aérea Cheolmae-2 com US$ 591 milhões de financiamento. A atualização ocorrerá no próximo ano e vai até 2029. O Cheolmae-2 terá a capacidade de interceptar mísseis balísticos após a atualização.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu