China testa motor para aeronaves hipersônicas – Cavok Brasil


A China realizou um voo de teste para um novo motor de foguete que poderia alimentar as futuras aeronaves hipersônicas da China e levar um avião próximo ao espaço.

Desenvolvido pelo Laboratório de Combustão e Propulsão da Escola de Engenharia Aeroespacial da Universidade de Tsinghua, o foguete realizou com sucesso um teste de voo na manhã de segunda-feira, informou o Global Times citando uma reportagem da China Central Television (CCTV).

O motor foi lançado por um foguete de dois estágios. Após a separação do primeiro estágio, o segundo estágio enviou o motor para a altura e velocidade predeterminadas.

A entrada de ar do motor começou a respirar ar com muita eficiência e o sistema de abastecimento de combustível começou a injetar combustível de jato vaporizado na câmara de combustão.

Em seguida, o sistema de ignição iniciou corretamente, a câmara de combustão entrou no estado de combustão conforme planejado, o motor funcionou de maneira estável e forneceu empuxo constante, marcando o sucesso completo do voo de teste, informou a CCTV.

Um vídeo gerado por computador mostra que o foguete de segundo estágio não se separou do motor e abriu um paraquedas para pousar em uma área desértica, para que pudesse ser recuperado.

Essa conquista enriquecerá ainda mais as capacidades aeroespaciais da China e tem significado estratégico na propulsão de novos tipos, disse a reportagem.

No ano passado, a China testou um míssil hipersônico, o DF-17. De acordo com o subsecretário de Defesa para Pesquisa e Engenharia dos EUA, Dr. Michael Griffin: “A China implantou ou pode implantar… um sistema de entrega hipersônica para ataques rápidos convencionais que podem atingir milhares de quilômetros da costa da China e permitir que nossos grupos de batalha de porta-aviões ou nossas forças avançadas… fiquem em perigo.

Mísseis hipersônicos DF-17 desfilam sobre caminhões lançadores durante desfile na China.

Huang Zhicheng, especialista sênior em ciência e tecnologia aeroespacial, disse ao Global Times na segunda-feira que o experimento é sobre o voo hipersônico do motor. A julgar pelas descrições sobre como o motor funcionava, é provável que seja um motor scramjet, que é uma das principais tecnologias para alcançar o voo hipersônico, disseram especialistas.

Li Xiaoguang, especialista em sistemas não tripulados inteligentes da Universidade de Qingdao, disse ao Global Times que a reportagem da CCTV não revelou as especificidades do motor, mas parece não ter mais de um metro de comprimento de acordo com o relatório, então seu impulso seria não ser muito alto.

“Se é um teste de modelo em escala que visa verificar a teoria, significa que ainda há algum caminho a percorrer antes que a tecnologia amadureça e se torne um produto real”, disse Li. Quando a tecnologia se tornar madura, poderá ver aplicações em aeronaves hipersônicas e levar aviões próximos ao espaço.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu