BREAKING: BV compra participação no Méliuz e tem opção de aquisição de bloco de controle 

BREAKING: BV compra participação no Méliuz e tem opção de aquisição de bloco de controle 


O banco BV comprou 3,85% do capital do Méliuz em um acordo que estabelece a opção de compra em 24 meses de fatia adicional de 20%, o que configura a aquisição do bloco de controle da startup de cashback.

A parcela inicial (3,85%) foi vendida por Israel Salmen, fundador e CEO, André Amaral Ribeiro, diretor de estratégia, shopping e dados da empresa, e Lucas Marques, diretor de recursos humanos.

A fatia adicional que forma o bloco de controle – a qual o BV poderá optar ou não pela compra – pertence a Salmen, Ribeiro, Figueiredo, além de Ofli Campos Guimarães, Davi de Holanda Rocha e Org Investments. 

No deal, a instituição financeira também faz a aquisição majoritária do Bankly, braço de soluções financeiras do Méliuz. O valor total da subsidiária é de R$ 210 milhões. 

“O Méliuz queimava caixa para fazer crescer sua divisão de serviços financeiros. Com a associação com o BV, passamos a ser asset light nessa frente”, Israel Salmen, o CEO e fundador do Méliuz, disse ao Brazil Journal.

Na assinatura do contrato ficou estabelecido que o BV leva 51% do Bankly agora e tem 90 dias para exercer a compra total da operação, que depende da obtenção das aprovações societárias aplicáveis.

Em novembro, o Méliuz fez pedido de listagem da subsidiária na B3, dando sinais de que um IPO da Bankly estava na mira. Agora com a venda para o BV, a operação fará parte do ecossistema digital do banco, que não vê horizontes para um IPO segregado.

Uma terceira frente do acordo engloba também a oferta de produtos e serviços financeiros do banco BV para os clientes do Méliuz.

O banco, que tem uma carteira de crédito de R$ 80 bilhões, passa também a ser o provedor de infraestrutura, funding e de produtos financeiros para a startup, que passa a ser remunerada pela geração de clientes para o BV.

Além disso, o banco BV contratará o Bankly para adicionar produtos à sua oferta de serviços financeiros. 

“O principal desafio dos bancos hoje se tornou a conquista da principalidade do cliente”, Gabriel Ferreira, CEO do BV.

Juntas, as duas empresas somam 250 milhões de transações de crédito, liquidação, custódia e outros serviços. “Méliuz e BV se tornam agora um dos maiores provedores de soluções de banking as service do país.” 






Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Main Menu