Boeing 747-8I voa para cemitério de aeronaves após apenas 42 horas de voo – Cavok Brasil

Boeing 747-8I voa para cemitério de aeronaves após apenas 42 horas de voo – Cavok Brasil


Um Boeing 747-8I que estava parado há 10 anos na Europa, recentemente realizou um possível último voo para os EUA e foi para o cemitério de aeronaves com apenas 42 horas totais de voo.

A aeronave com o prefixo N458BJ estava parada há 10 anos em Basel-Mulhouse (Suíça) e na sexta-feira passada (15/04) decolou para o cemitério de aeronaves de Pinal Airpark Marana, no Arizona, onde deve permanecer em definitivo, após 42 horas de voo desde que deixou a fábrica da Boeing em Everett e voou pela primeira vez em maio de 2012.

Uma vez encomendado pelo governo saudita, o 747-8I pousou em Basel, na Suíça, em dezembro de 2012, após breves escalas em Goose Bay, San Bernardino e San Antonio.

No EuroAirport, a aeronave receberia uma cabine VIP altamente exclusiva. Na época, o 747-8 (MSN 40065) tinha sido concebido como o novo carro-chefe da Frota Real Saudita para transporte de autoridades.

Um contrato com a empresa Jet Aviation, com sede em Basileia, já havia sido celebrado para o equipamento da cabine. No entanto, após a morte do príncipe herdeiro Sultan ibn Abd al-Aziz no final de 2011, os sauditas se distanciaram de seus planos iniciais e posteriormente o N458BJ se tornou propriedade do Banco de Utah em 2012.

Com a mudança de ideia da Arábia Saudita, sem nunca ativar o quadrijato, o 747-8I estacionado na Europa caiu no esquecimento, sem ninguém interessado no jumbo praticamente novo.

O último voo do 747 para os EUA durou 10 horas e 58 minutos e agora no cemitério no deserto o 747-8I ex-saudita provavelmente deve virar peças para outras aeronaves e sucata, caso não encontre um novo comprador.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu