Airbus A220 chega ao Brasil para demonstração a potenciais clientes – Cavok Brasil

Airbus A220 chega ao Brasil para demonstração a potenciais clientes – Cavok Brasil


Após participar da FIDAE na semana passada, chegou hoje ao Brasil o Airbus A220 nas cores da Swiss International Air Lines, que está realizando um tour pela América do Sul.

A SWISS e a Airbus enviaram um Airbus A220-300, registro HB-JCU, para a América do Sul, começando no dia 2 de abril na Feira Internacional do Ar e Espaço (FIDAE), o maior show aéreo de aeronaves da América Latina.

Com apenas um ano de uso, o A220 da Swiss que está no tour é configurado para transportar 145 passageiros em configuração de classe única. O A220-300 pode levar até 160 passageiros a bordo e uma configuração de baixo custo.

O A220 pode ser uma aeronave interessante para várias transportadoras no Brasil como a Azul Linhas Aéreas. Foto: Flávio Marcos de Souza

Após o Chile e com a chegada do Airbus 220 no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, a Airbus espera receber o primeiro pedido de Airbus A220 na região da América Latina. A fabricante europeia afirmou que a aeronave pode ser a perfeita para a região e espera ter vendas entre as muitas companhias aéreas que operam lá.

O A220 pode ser uma aeronave interessante para várias transportadoras no Brasil como a Azul Linhas Aéreas que é uma das prováveis pretendentes. A Breeze Airways nos Estados Unidos (que compartilha o mesmo fundador com a Azul, David Neeleman) já tem um robusto pedido de A220.

O LATAM Airlines Group, que também é um parceiro importante da Delta na América do Sul, também pode ser um candidato no futuro. No entanto, a LATAM atualmente possui uma grande carteira de pedidos não preenchida com a Airbus, esperando receber 70 novos Airbus A320neos entre 2022 e 2028.

Com a chegada do Airbus 220 no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, a Airbus espera receber o primeiro pedido de Airbus A220 na região da América Latina. Foto: Guilherme Dotto

Vale destacar seu desempenho, sendo a única aeronave especialmente projetada para o mercado de 100-150 assentos que inclui aerodinâmica de última geração, o motor turbofan Pratt & Whitney PW1500G. Isso permite uma redução de 50% na pegada de ruído e até 25% menos consumo de combustível e até 25% menos emissões de CO2 em comparação com aeronaves da geração anterior.

Com o A220 a Airbus quer fortalecer seus laços já consolidados com a América Latina.




Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu