Actis fará leilão por 6% da Omega a R$ 11,75

Actis fará leilão por 6% da Omega a R$ 11,75


A Actis deve anunciar ainda hoje um leilão na Bolsa para comprar 6% da Omega Energia a um preço inicial de R$ 11,75. 

A operação será intermediada pelo BTG Pactual e deve acontecer na quinta-feira,  depois de cumprido o aviso regulamentar de 48 horas. No preço mínimo, o leilão deve movimentar R$ 400 milhões. 

Esse é o primeiro passo do fundo de private equity britânico para comprar uma participação de no mínimo 10% da Omega e entrar no acordo de acionistas da empresa.  

Pelo acordo anunciado ontem, a Actis obteve da Tarpon uma opção de compra de até 10% ações da Omega a R$ 13,50. A gestora brasileira tem 34,8% da Omega.

O leilão desta semana parece ser uma tentativa da Actis de comprar os 10% a um preço mais baixo. O preço oferecido está no meio do caminho entre o fechamento de ontem a R$10,20 e o preço da opção dada pela Tarpon. E, com diversos fundos sangrando depois da implosão do mercado, pode ser uma liquidez imediata que muitos vão abraçar.

Além de entrar como acionista relevante da companhia, a Actis se comprometeu a investir até R$ 850 milhões na Omega a um preço acordado em R$ 16 por ação. A Omega tem a discricionariedade de chamar este aumento de capital entre 1 de outubro e 31 de março de 2023.

Por volta das 11h30, a ação da empresa disparava 17%, cotada a R$ 11,95.  O papel já negociou R$ 72,5 milhões hoje – a média diária é em torno de R$ 20 milhões. 

Para um gestor, depois de todo o ruído da fusão da Omega Geração e Omega Desenvolvimento no ano passado, a Omega poderia ter alguma dificuldade em levantar recursos. “A empresa tem endividamento alto e se optasse por emitir ações, faria num preço baixo. Agora, tiraram esse coelho da cartola,” disse. 

O mercado gostou da notícia porque espera que a governança da empresa melhore — e porque apareceu um private equity dizendo  que a empresa vale no mínimo R$ 13,50/ação.

No Citi, o analista Antonio Junqueira disse que a chegada do Actis fortalece a estrutura de capital da empresa e abre uma nova porta de capital para o futuro. 

Além da chegada da Actis, a Omega disse ontem que assinou um protocolo de intenções para investir até US$ 500 milhões nos EUA ao lado de um parceiro cujo nome não foi divulgado. 

A Omega está negociando os direitos para comprar um projeto eólico de 531MW no Texas.

Atualmente, a Tarpon e os acionistas fundadores, incluindo o CEO Antonio Bastos, têm 50,7% do negócio. Outro acionista relevante é a Verde, com 4%. 




Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu