Ações de ecommerce finalmente têm um dia bom, mas ninguém sabe bem por quê

Ações de ecommerce finalmente têm um dia bom, mas ninguém sabe bem por quê


As empresas de ecommerce – Magalu, Via e Americanas – estão liderando as altas da Bolsa hoje, com o mercado atribuindo a oscilação a um movimento técnico.

“O que eu ouvi foi que tem um fundo long-only global comprando essas ações, e como elas estão com muito short, deu uma correria no mercado,” disse um gestor. 

Por volta das 12h15, Magalu subia 9% e era a maior alta do Ibovespa; Via avançava 6,4% e Americanas, 6,1%. 

Das três ações, a Via é a mais “alugada”: a posição alcança 17% do free float. O aluguel com ações da empresa começou a subir no início de abril, quando era inferior a 150 milhões de ações e agora está perto da máxima do ano: 250 milhões de papéis. 

Na Magalu, a quantidade de ações alugadas é de 6% do free float – esse percentual era quase o dobro em março. Na Americanas, o percentual é de 3,80% – no início de julho, ele aumentou de 10 milhões de ações para quase 25 milhões agora. 

Em relação às taxas cobradas pelo aluguel das ações, a Via também lidera, com 3%, seguida de Americanas, com 1% e Magalu, com 0,30%.

Alguns analistas também citaram uma decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo permitindo que o diferencial de alíquota de ICMS no comércio eletrônico seja cobrado apenas em 2023. 

Um gestor disse que o mercado já tinha a expectativa de que essa cobrança fosse jogada para o ano que vem. Para ele, isso ajuda as empresas, mas por pouco tempo. “Acho que a posição vendida é muito alta nessas empresas de varejo, então fica volátil mesmo.” 

Um analista disse que a notícia é boa apenas no curto prazo, “mas como o curto prazo é muito ruim para essas empresas, pode ajudar.” 

Outro analista disse que o mercado vem monitorando esse tema do ICMS de perto. “Quando essa cobrança começar a vigorar, vai ter um impacto de 1% a 2% na margem bruta das empresas, se elas não repassarem isso para o preço. É um percentual relevante para quem tem mais ou menos 5% de margem EBITDA,” disse ele.

“Em um cenário de inflação alta e queda de poder de compra, é ruim ter que aumentar preços. Mas acho que vão conseguir repassar parte disso sim. Ninguém está queimando caixa à toa.”



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Main Menu